X-Pot Sea to Summit | Tudo o que você precisa saber sobre estas incríveis panelas

X-Pot | Sea to Summit

Nossas panelas X-Pot que já ganharam o Prêmio Editor’s Choice 2015 da Revista Backpacker dentre outros e já estão sendo utilizadas ao redor do mundo. Com a introdução desse novo conceito em panelas de acampamento algumas perguntas podem aparecer. Então preparamos essa lista de perguntas mais frequentes para ajudá-lo a aproveitar ao máximo a sua panela X-Pot.

A X-Pot ganhou o selo de "Escolha do Editor 2015" da publicação americana Backpacker Magazine.

A X-Pot ganhou o selo de “Escolha do Editor 2015” na revista americana Backpacker Magazine.

Caso fique com alguma dúvida, entre em contato conosco através do e-mail sac@seatosummit.com.br.

Exposição ao Calor

O calor não vai danificar as laterais de silicone?
As panelas X-Pot foram desenhadas para uso em fogareiros portáteis ou em fogareiros de acampamento. Em ambos os casos, o bico (e a chama produzida) será muito menor do que a base do X-Pot. Sob estas condições, o X-Pot funcionará perfeitamente. Nós testamos durante muitas e muitas horas. O ponto-chave é que a parte de silicone não deve ficar exposta  à chama direta. Se você tem um fogareiro que tem um padrão de chama mais amplo do que a base do X-Pot, significa que seu fogareiro NÃO é compatível com o X-Pot.

Além disso, o X-Pot deve ser aberto completamente antes do uso para evitar que a chama entre em contato com as laterais de silicone. O X-Pot não se destina a ser utilizada como uma ‘frigideira’ (ou seja, utilizado em um bico com as laterais dobradas para baixo) – isso irá resultar em danos para o X-Pot. A Sea to Summit está lançando a panela X-Pan, que será ideal para fritar sua comida.

Posso usar o X-Pot em uma fogueira de acampamento?
Uma fogueira de acampamento terá um padrão de chama muito mais amplo do que a base do X-Pot, e portanto exporia as laterais de silicone direto à chama. Não use o seu X-Pot em uma fogueira de acampamento.

Posso usar o X-Pot em um forno (como uma panela de ferro/)?
A tampa transparente de um X-Pot é desenhada para o uso em um fogareiro de acampamento; não é indicado para uso em um forno.

Os X-Pots são desenhados para o uso em um fogareiro de acampamento ou fogareiro portátil. Não se destinam para o uso em fogões domésticos, que tem um padrão de chama mais amplo, e podem ter uma maior potência de aquecimento (até 12.500 BTU) comparado com um fogareiro de acampamento (aproximadamente 6.000 BTU).

O que pode ser cozinhado/aquecido em um X-Pot?

Posso cozinhar dentro do X-Pot ou é somente para ferver água?
Um X-Pot é uma panela completa; pode cozinhar qualquer coisa que poderia ser cozinhado em uma panela de acampamento convencional.

Posso usar o X-Pot para derreter neve? Pode, se seguir as mesmas orientações como com qualquer panela leve de acampamento. O teor de água da neve varia significativamente – de pesado e molhada (acima de 50% água) até seca em pó. Neve seca em pó, como vemos por exemplo nas Montanhas Rochosas, pode ter menos do que 10% teor de água por volume –  o resto é ar. Se derretida em uma panela, os cristais de neve em contato com a base da panela vão derreter muito rápido e evaporar os cristais restantes, deixando a base da panela sem nada para arrefecer. Para evitar danos à base, deve-se começar com uma quantidade pequena de neve e aquecer lentamente até derreter e depois adicionar mais neve.

E quanto a produtos químicos?  Podem contaminar minha comida ou água?

O material de silicone que usamos é de qualidade alimentar (food grade). Não contém nenhum material químico que possa contaminar sua comida ou água. A base do X-Pot é alumínio anodizado duro. A anodização irá evitar qualquer contato com o alumínio e portanto é totalmente seguro. A tampa é feita de plástico especial, e não contém BPA.

Todas as partes da X-Pot são livres de BPA e o silicone usado é especial para uso com alimentos.

Todas as partes da X-Pot são livres de BPA e o silicone é especial para uso com alimentos.

Como devo lavar meu X-Pot?

Posso colocar o X-Pot na máquina de lava-louça?
Os X-pots tem uma base de alumínio anodizado duro. A anodização seria danificada por causa dos produtos químicos cáusticos no sabão de lava-louças – portanto, como todas as louças e utensílios de cozinha anodizado, os X-Pots não devem ser lavados na máquina de lavar.

Posso usar uma esponja para limpar um X-Pot?
É melhor não usar a parte verde (mais áspera) da esponja na parede de silicone, pois pode causar micro arranhões e pode ser mais difícil de limpar no futuro. Se cozinhou alguma coisa que aderiu ao silicone, deixar o X-Pot cheio de água de molho, depois utilizar o lado amarelo da esponja e um bom sabão neutro de acampamento para limpar os resíduos.

Perguntas sobre a construção e uso

As alças de silicone (as ‘asas’ laterais) são desenhadas para fixar a tampa durante o cozinhar?
Absolutamente não! As alças são destinadas para fixar a tampa somente na panela colapsada. Isso é útil quando estiver transportando o X-Pot: pode botar X-Bowls e X-Cups e até a X-Kettle (chaleira) dentro e a tampa segura garante que sua cozinha de acampamento permanecerá  unida. Fixar as alças laterais (‘asas’) na tampa quando estiver cozinhando, pode danificar a tampa e causar um acidente, se a comida ou água quente cair em você!

Posso usar utensílios de metal quando estou cozinhando em um X-Pot?
A anodização dura da base de alumínio é  resistente a arranhões. Pode usar utensílios de metal – embora valha a pena prestar atenção para que não bata na base de alumínio, para evitar danos/amassos. Sempre recomendamos utensílios de nylon/plástico mais do que metal para estes usos.

Por que uma tampa plástica e não de alumínio?
Queríamos que o usuário pudesse ver o que estava acontecendo dentro do X-Pot durante o processo de cozinhar – isso significa que não precisa levantar a tampa para verificar o conteúdo (o que retém calor e portanto economiza gás). Além disso, a tampa plástica não conduz calor tão bem quanto o alumínio; assim pode-se segurar as alças com seus polegares e utilizar a tampa como escorredor de macarrão, sem correr o risco de se queimar.

Panela de silicone dobrável

Um aro de metal colocado internamente ao redor da tampa deixa a X-Pot muito mais estável quando está aberta. Isso facilita o manuseio da panela cheia.

Leave no Trace – Pá retrátil Pocket Trowel

A Sea to Summit tem uma parceria com o programa Leave no Trace que divulga a cultura das boas práticas em ambientes naturais procurando reduzir o nosso impacto no meio ambiente. Com esta parceria nós produzimos alguns equipamentos que facilitam a tarefa do aventureiro em minimizar o seu impacto, um destes equipamentos é a pá portátil Pocket Trowel, ela torna mais fácil a tarefa de fazer um buraco para depositar suas necessidades fisiológicas em meio a natureza. O diferencial da Pocket Trowel está no seu formato compacto, no pouco peso e volume – isso lhe permite transportar a pá na mochila sem agregar peso/volume significativos e sem oferecer riscos de rasgos ou furos na sua mochila ou em algum outro item dentro dela, já que a nossa pá não tem cantos e pontas que facilitem esse tipo de incidente.

Veja mais informações sobre a Pocket Towel.

Pá Sea to Summit

Linha de Viagem Travelling Light

Por Mario Nery / AdventureZone.com.br

Backpacking! Ou mochilão, chame como preferir! Eu gosto de viajar, de conhecer o mundo por aí, sempre que rola uma oportunidade de por os pés na estrada. E nessas viagens eu vou aprendendo o que funciona e o que não dá certo em diversas situações, inclusive na questão dos equipamentos. E uma das coisas que mais deram certo por aqui mas minhas viagens foram os equipamentos da Sea to Summit, uma empresa australiana com mais de 20 anos de história que se propõe a criar produtos para facilitar a vida em diversos momentos, seja em viagens urbanas ou mesmo em trekkings remotos.

A linha Travelling Light da Sea to Summit tem uma série de acessórios para simplificar a vida de quem viaja por aí, seja no estilo mochilão ou mesmo em uma viagem mais urbana – a passeio ou por trabalho. São itens que organizam e simplificam o manuseio dos seus objetos durante a sua trip.

É difícil explicar de uma forma melhor do que a proposta no vídeo abaixo (que está em inglês, mas ilustra bem a utilidade de cada item desta linha). Particularmente eu uso a carteira, money belt e algumas pequenas bolsas – como necessaires – para organizar gadgets, cabos e afins.

Confiram o vídeo e conheçam melhor esta linha de acessórios de viagem da Sea to Summit!

 

 

Diferenças entre os sacos estanque da Sea to Summit

Por Mario Nery / AdventureZone.com.br

Muita gente não sabe qual saco estanque comprar para usar na montanha, cicloturismo, caiaque, etc… Pensando em ajudar o pessoal eu resolvi traduzir algumas informações da Sea to Summit sobre os modelos de sacos estanque deles que temos no mercado nacional.

1. Ultra-Sil Nano Dry Sack – feito com nylon 15D siliconizado este saco estanque é para ser usado dentro da mochila, protegendo objetos importantes. Essa linha de sacos é mais leve e não deve ser usada em rios ou no mar. Ideal para trilhas, viagens, ciclismo e dia a dia – sempre dentro da mochila ou afins. Tamanhos variando entre 1 e 35 litros.

Sea to Summit Ultra Sil Nano

2. Ultra-Sil View Dry Sack – feitos em cordura 30D esse saco estanque é mais resistente que o Ultra-Sil Nano e apresenta uma janela em TPU como diferencial, o que permite ao usuário identificar objetos sem precisar abrir o saco estanque – ideal para longos trekkings ou outras situações onde a quantidade de sacos estanque é maior e eventualmente é preciso identificar um objeto com mais rapidez. Tamanhos entre 1 e 35 litros.

saco estanque transparente

3. Dry Sacks – feitos com nylon 70D esse modelo é mais resistente que o Ultra-Sil View Dry Sack e não pesa muito. Ele se adapta ao uso em embarcações e outdoor em geral. Tamanhos variando entre 1 e 35 litros.

Saco estanque Sea to Summit

4. eVent Compression Dry Sacks / eVac Dry Sacks – duas linhas de um saco estanque que conta com a capacidade de eliminar o ar mesmo após fechado, por causa da tecnologia “eVent”. Trata-se de um material que permite eliminar o ar do interior do saco estanque sem deixar que a água entre. São feitos com nylon 70D. Ideal para uso com roupas e sacos de dormir durante expedições, mochilões e trekkings longos. A versão “eVent” acompanha um sistema de compressão que reduz o volume dos objetos. Eu uso um modelo destes eVent Compression Dry Sack para transportar meu saco de dormir em trekkings onde eu preciso acampar, ele ajuda a reduzir muito o volume dentro da minha mochila, o que me permite usar uma mochila um pouco menor.

No modelo eVac os tamanhos vão de 8 a 35 Litros, já no eVent Compression os tamanhos ficam entre 10 e 20 litros.

Saco estanque eVac

5. Big River Dry Sacks – feitos com Nylon 420D ripstop e laminados com um filme de TPU no interior. Essa linha de sacos estanque possui uma ótima resistência contra abrasão e uma alta capacidade de suportar água, sendo uma escolha perfeita para quem precisa de mais proteção em ambientes de montanha, rafting, ciclo e moto turismo, etc. A base oval do saco permite uma acomodação melhor dos objetos. Eu uso um Big River para transportar a minha câmera quando eu vou fazer qualquer trekking ou hiking por aí, já peguei chuva em alguns lugares e posso dizer que ele não me deixou na mão. Aliás, no carnaval deste ano ele estava dentro da minha mochila de ataque com gelo e uma bebidas – usei ele como cooler, não vazou em momento algum! Os tamanhos variam entre 13 e 65 litros.

Sea to Summit Big River

6. Stopper Dry Bags – Feito com nylon 210D e laminação em TPU no exterior para aumentar a durabilidade. Possui resistência UV e o material não se quebra em frio extremo. Mesmo pesando pouco essa linha funciona muito bem em uso marítimo/fluvial. O destaque dela fica por conta da fivela que permite a substituição rápida através de um sistema de parafusos. Junto com o Big River, a linha Stopper representa os sacos mais resistentes da Sea to Summit disponíveis hoje em dia no mercado nacional (2013). Os tamanhos vão dos 5 aos 65 litros.

Stopper saco estanque

NOTA IMPORTANTE

Nenhum saco estanque com fechamento por sistema de “voltas e fivelas”, de nenhuma marca, aceita ser submergido. A profundidade/pressão da água agiria sobre o sistema de fechamento e iria permitir que a água entrasse atingindo o interior do saco. Não mergulhe com eles ou afunde-os com objetos dentro!

Confira um comparativo gráfico (em inglês) feito pela Sea to Summit:

Tabela de sacos estanque da Sea to Summit